Friday, December 01, 2006

Galactica



Tinha que vir parar aqui. Falar de ficção científica como uma perfeita analogia dos tempos modernos, da crueza da dualidade humana no contexto da guerra ocidente-médio oriente, ou das batalhas da consciência humana no limiar da sobrevivência dificilmente poderia ser esperado. Nos antípodas da série original, a nova série Battlestar Galactica consegue isto. Fala em muitas coisas, acreditem. Consegue passar uma visão quase cinematográfica e pouco comum em séries televisivas (http://www.scifi.com/battlestar/) onde até um solo de piano combina de forma brilhante com uma nave espacial. Claro está que não posso deixar de referir a presença de Tricia Helfer como number six. Boa actriz boa. Resta dizer que é a única série que vejo. Não que não gostasse de ver outras coisas, mas televisão, por agora, não obrigado.

2 comments:

Ela said...

Um beijo*

Shinguru said...

Gosto da sugestão do mamilo da Tricia. Ainda não olhei bem para o texto mas imagino que falas de naves espaciais!